sexta-feira, 30 de março de 2012

O sono benefícia a memória

Dormir sobre os livros não é uma ideia tão ruim assim. Pesquisa mostra que o sono melhora a capacidade de aprendizado.

O estudo feito por Jessica Payne, da Universidade de Notre Dame, nos EUA, e publicado no periódico PLoS One, acompanhou mais de 200 estudantes e as respostas da memória após uma noite de sono. Um grupo controle realizou testes sem o intervalo de sono. Os resultados apontam que dormir após as aulas é uma boa ideia.

Os testes, realizados pela equipe de Payne, foram feitos com os dois grupos: um deles tinha que decorar pares de palavras em um período noturno, após o qual eles iam para a cama dormir. O segundo grupo tinha que decorar as palavras pela manhã. Ambos os grupos eram testados 12 horas depois.

O grupo que dormiu após as “aulas”, mostrou uma recorrência da memória – se lembravam das palavras – de forma mais acentuada do que o grupo que realizou os testes no mesmo dia. Entretanto, quando testados após 24 horas (com ambos os grupos tendo passado por uma noite de sono), a diferença entre resultados diminuiu, mas, ainda assim, aqueles que tinham decorado as palavras e dormido em seguida ainda apresentaram resultados superiores.

“Nosso estudo confirma que o sono logo após aprender algo tem um efeito benéfico sobre a memória”, diz Payne. “No caso de dormirem muito tempo após uma sequência de aprendizado esse benefício também ocorria, mas de forma menos acentuada”, diz a pesquisadora, que aponta ainda que um método para inverter isso é fazer uma breve recapitulação do que foi aprendido logo antes de uma noite de sono.

“De alguma forma, “dizer” ao cérebro que é preciso consolidar aquela memória específica pode ser um meio de fazê-lo melhorar a lembrança dessa determinada informação”, finaliza.

Fonte: O que eu tenho

Postagens Relacionadas