sexta-feira, 16 de março de 2012

A paroquiana traidora

A mulher vai se confessar. O padre a reconhece:

- Faz muito tempo que a senhora não aparece, não é mesmo?

- É, padre. É que eu tenho freqüentado outra paróquia, padre.

- Tá bem. Me conte seus pecados.

- Cometi muitos pecados. Muitos,  padre. Fui grosseira, menti, cometi os pecados da soberba e da vaidade. Até trair meu marido eu traí, padre.

- Traiu seu marido? Com quem?

- Com o padre de outra paróquia. O senhor me dá o perdão, padre?

- Olha (pausa), dar o perdão até que eu dou. Mas nunca se esqueça de uma coisa: a sua paróquia é ESTA AQUI, entendeu?
____________________________________________________

Na terrinha

Um brasileiro telefona para um hotel e pergunta:

- Por favor, qual é o preço da díária?

- Depende do tamanho do quarto, do número de pessoas... - diz o portuga da recepção.

- E os senhores aceitam crianças?

- Não senhor, apenas cheque ou cartão de crédito.
_________________________________________________

Como matar uma barata

Você sabe como se faz para matar uma barata usando sal, pinga, fósforo e pedra?

Você coloca tudo no chão na seqüência correta.

Aí a barata come o sal pensando que é açúcar, fica com sede e bebe a pinga pensando que é água, fica bêbada, tropeça no palito de fósforo, bate a cabeça na pedra e morre de traumatismo craniano. (horrível, essa!).

Fonte: Mundaréu da Net.

Postagens Relacionadas