quarta-feira, 20 de março de 2013

Chá de hibisco: beleza e saúde

Hibisco é uma planta medicinal utilizada principalmente como hipertensivo e redutor de colesterol. Também atua em doenças de fígado e ajuda a impedir a oxidação de lipoproteínas de baixa densidade devido a seu forte caráter antioxidante. O hibisco dourado também pode ser utilizado como cosmético para os cabelos, que atua na queda de cabelos, como anticaspa e atrasa o crescimento dos cabelos brancos.

Usado de diversas maneiras a favor da beleza, agora, o chá entra em cena para promover um corpo mais sequinho. Com ação antioxidante e anti-inflamatória, a bebida preparada com hibisco tem propriedades capazes de auxiliar o organismo a perder medidas, pois elimina toxinas e substâncias que favorecem o acúmulo de líquido no organismo.

Para obter o efeito diurético, é preciso ingerir de 500 ml a um litro do chá de hibisco - preparado a partir das flores e botões do Hibiscus sabdariffa, espécie diferente da encontrada em jardins - todos os dias. Versátil, ele é facilmente incorporado ao dia a dia até mesmo de quem não está acostumado a tomá-lo. Isso porque, já existem no mercado versões com sabores de abacaxi com hortelã, frutas vermelhas e limão.

As folhas secas de hibisco, compradas em casas especializadas em produtos naturais, são preparadas por meio de infusão em água quente. Outra opção é adquiri-las em pó, que pode ser misturado em água gelada. Das duas maneiras, haverá o estímulo para reduzir a retenção de líquidos, além de combater o envelhecimento precoce da pele, graças à ação dos flavonoides, substâncias que trabalham em prol do rejuvenescimento.

Fonte de vitaminas A e B1, sais minerais e aminoácidos, o hibisco também pode ser consumido por meio de folhas cruas adicionadas a saladas ou até refogadas em alimentos como feijão, arroz e sopa. Mas antes de fazer o uso do chá e também se beneficiar da planta, o indicado é procurar um nutricionista para que sejam indicadas as porções ideais para incluir na dieta.

Ressalvas ao uso: apesar de todos os benefícios, a bebida não é milagrosa e deve estar sempre acompanhada de uma dieta balanceada. “Quem pretende perder peso somente com o chá não vai conseguir, é preciso investir em alimentos livres de gordura e ainda complementar com uma boa série de exercícios”, afirma Fernanda Granja, nutricionista especialista em clínica funcional, esportiva e materno-infantil.

__________________________________________________________________
Fontes: Agência Hélice / Terra / Criasaude.com.br

Postagens Relacionadas