sexta-feira, 22 de novembro de 2013

O Coelho e Tartaruga

Era uma vez um coelho que encontrou uma tartaruga. E disse:

— "Contam que você é o bicho mais mole do mundo e eu o mais veloz. Vamos apostar uma corrida?"

E ela disse com um arzinho de falsa modéstia:

— "Vamos. Eu corro pouco, mas..."

E ele:

— "Dez léguas. Eu fico parado. Durmo meia hora. Saio. Saio. Paro três vezes e ainda chego na sua frente".

E ela, agora crente e com raiva:

— "Veremos. Eu já ganhei uma corrida assim. Está em La Fontaine".

E assim foi feito. O macaco de juiz. O coelho chegou, e como combinado, dormiu. A tartaruga veio. O macaco deu a partida. A tartaruga saiu, andou meia hora. O coelho acordou. Correu. Passou pela tartaruga e quando chegou ela ainda não tinha andado dez metros.

MORAL: Devagar se vai ao longe, mas custa ou a História (de La Fontaine) não se repete.




Fonte: "O Capitão" - Ano I - Nº 7 - Fábula e desenhos de Jaguar - Jornal "Última Hora", de 10/8/1963.

Postagens Relacionadas