terça-feira, 22 de março de 2011

O gato de Eunice

Eunice chorava com o seu gatinho no colo…

Eunice chorava porque era pobre e feia. De repente se lhe surge pela janela uma fada que lhe pergunta:

-Choras por que, Eunice?

-Ah, minha fada, - responde Eunice - eu choro porque sou pobre e feia…

-Mas eu sou sua fada-madrinha e vim realizar três desejos seus.

E Eunice:- Que bom! Que bom!

-Primeiro, minha boa fada – continua Eunice – Queria ser linda.

E a fada-madrinha pega a sua varinha e plim! Eunice transforma-se na mais bela das damas… loira, bonita, assim uma mistura de Bundchen com Ana Hickmann e uma pitadinha de Galisteu.

-Agora – fala a deslumbrante Eunice – quero ser rica, porque ser linda e pobre nesse país subdesenvolvido é uma merda…

E a fada pega sua varinha e plim! A choupana onde Eunice morava vai se transformando aos poucos num castelo encantado, com pontes levadiças, duendes, príncipes, fogos de artifício, caminhão do Faustão, filhos de duplas sertanejas, Chupaozinho e Chateiasó, discos do Nelson Ned…

-Agora como último desejo eu quero que esse gato que me acompanhou fielmente por toda a vida virasse o meu príncipe encantado, o meu amor!. E a fadinha plim! Diz: - Felicidades, Eunice! E sai voando pela janela e some.

Eunice vê o seu gato se transformando num príncipe: alto, bonito, moreno, de olhos azuis como todo príncipe… costureiro… que costurava…

Ela grita: - Meu príncipe!?

E ele: - Bem feito, bem feito, nojenta! Quem mandou castrar o gatinho…

Postagens Relacionadas