sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Vinho tinto contra o sedentarismo

O exercício pode ser servido em uma garrafa... de vinho. Um antioxidante presente em altas quantidades nas uvas e no vinho tinto, o resveratrol, evita os efeitos negativos de uma vida sedentária no organismo, segundo uma pesquisa americanae publicada pela revista FASEB Journal.

Os cientistas realizaram os estudos submetendo um grupo de ratos a um ambiente sedentário, que limitasse o movimento. A um grupo forneceram resveratrol.

Os roedores, de maneira natural, começaram a sofrer diminuição de massa e força muscular e geraram resistência à insulina. Também apresentaram uma baixa de minerais e debilidade nos ossos. No entanto, os roedores que tomaram resveratrol, apesar do pouco movimento físico, não desenvolveram consequências negativas.

- "Existem dados e informações de como o corpo humano precisa de atividade física, mas, para alguns de nós, ter essa atividade não é tão simples assim", explica Gerald Weissmann, editor chefe da revista, fazendo referência aos astronautas submetidos a falta de gravidade, ou a pessoas doentes obrigadas a não se moverem na cama durante sua convalescença e inclusive a trabalhadores que passam muitas mais horas que o recomendado sentados no escritório.

- "O resveratrol não é um substituto do exercício, mas pode diminuir o processo de deterioração até que o indivíduo possa voltar a se movimentar", acrescenta Weissmann.

Fonte: Eureka Alert/NDIG

Postagens Relacionadas