sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

O fim do mundo

Calendário maia.
Apesar de todo o descrédito pela comunidade científica e até mesmo religiosa, muita gente esteve se preparando para o fim do mundo nas últimas semanas. 

Na China, a despedida foi mais tumultuada. Quase mil pessoas que integram uma seita conhecida como Deus Todo Poderoso, que acreditava piamente no fim do mundo em 21 de dezembro, apenas por coincidência com a profecia maia, chegaram a ser detidos em várias províncias chinesas. As autoridades da província de Qinghai, na região noroeste, anunciaram mais de 400 detenções na véspera do dia 21. Além disso, na província mais carente de Guizhou, 357 integrantes da mesma seita sendo investigados e detidos.

Na França, o vilarejo de Bugarach, teve o acesso pela montanha fechado. Isso porque existe uma crença de que, no momento em que o calendário encerrar na sexta feira (21), a montanha iria se abrir e de lá sairiam alienígenas. Além disso, os extraterrestes iriam levar para sua espaçonave os humanos que estiverem por perto. Centenas de policiais foram enviados para a cidade para reforçar a segurança, já prevendo o aumento do movimento na localidade, que conta com cerca de 200 habitantes. Os moradores do local precisaram ser munidos de passes especiais para transitar pelo vilarejo.

Um abrigo de 56 metros de profundidade, o Bunker 42 na Rússia, está promovendo uma grandiosa festa pelo fim do mundo, que deve durar dois dias. O local tem capacidade para receber 300 pessoas, os o ingresso é bastante caro: está sendo cobrado US$ 1.000 por pessoa, o que equivale a mais de R$ 2.000.

No vilarejo de Sirìnche, na Turquia, os moradores decidiram promover um novo vinho local, que tem o ano de 2012 como rótulo. O vinho é tinto e seco, com uma teor alcoólico mais alto que o normal, para ser consumido especialmente na sexta feira do fim do mundo.

Fonte: http://www.noticiasbr.com.br

Postagens Relacionadas