terça-feira, 1 de maio de 2012

A revolucionária vacina anti-idade

Rugas e marcas de expressão sempre foram motivos de preocupação para a maioria das mulheres. Por isso, novos tratamentos e alternativas que prometem suavizá-las surgem todos os dias no mercado.

Agora, uma das mais recentes novidades para o público feminino é a VC System, mais conhecida como vacina anti-idade.

Apesar do nome, a vacina não é aplicada com agulhas, mas por uso tópico com produtos dotados de princípios ativos, como o biopeptídeos, capazes de promover a reestruturação celular e a reconstrução da estrutura da pele, aumentando a presença de colágeno (substância que fortalece os tecidos do corpo) e elastina (proteína que confere flexibilidade) à cútis.

Como funciona?

O mais novo aliado das mulheres na batalha contra as rugas é, na verdade, um kit formado por quatro produtos: o VC Powder (substância em pó que aumenta e traz de volta as ondulações características da pele jovem), o VC Active (elemento que ativa as células-tronco adultas da epiderme e protege as existentes), o VC Esimucell (sérum que aumenta a capacidade de defesa das células) e o VC Tópica (creme que inibe as enzimas que degradam as redes de colágeno e repõe o manto hidrolipídico da pele).

"Para ter eficácia, o tratamento dura, em média, um mês. Os produtos são aplicados em quatro sessões na clínica estética e, depois, continuam sendo administrados em concentrações menores pela própria cliente", explica Andreza Russo, consultora da Beauty Ville Esthetic, de Campinas, São Paulo.

Mesmo sendo aparentemente simples, o procedimento conhecido como vacina antirrugas deve ser feito com bastante atenção e alguns cuidados especiais. "Para que os resultados apareçam, a pele deve ser bem higienizada e os cremes aplicados separadamente, em camadas, respeitando um tempo médio de 15 minutos para a absorção das substâncias", ressalta Andreza.

Mito ou verdade?

Apesar da promessa de ótimos resultados, a vacina anti-idade à base de cremes não tem agradado os especialistas no assunto. Para Valcinir Bedin, dermatologista formado pela Universidade de São Paulo (USP) e diretor do Centro Integrado de Prevenção do Envelhecimento (CIPE), o tratamento não passa de uma peça de marketing.

"Chamar esse procedimento de vacina faz com que as pessoas pensem que ele evita as rugas, o que é uma inverdade, pois os biopeptídeos (principais ativos do produto) causam apenas um inchaço temporário na pele que dá a falsa impressão que a ruga desapareceu, mas o efeito é muito rápido e fugaz", alerta.

Ficha técnica

Nome do tratamento: VC System ou vacina anti-idade
Indicação: tratamento feito à base de cremes que combatem as rugas e marcas de expressão
Preço médio: R$ 800 a R$ 1.200 para o tratamento completo
Sessões necessárias: quatro sessões, uma vez por semana
Benefícios: redução das rugas, rejuvenescimento da pele, restauração celular, produção de colágeno 

Fonte: Agência Hélice/ Terra

Postagens Relacionadas