sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Pequeno Dicionário dos Esportes

Alpinismo: Nascido nos países alpinos, como Áustria e Suiça, consiste em escalar montanhas.

Arco e Flecha: Extremamente difundido na Idade Média.

Atletismo: Chamado esporte base, pois testa as características básicas do homem, comporta três tipos de prova: as corridas (rasas ou de obstáculos), os saltos (altura, extensão, tríplice e com vara) e os lançamentos (peso, disco, martelo e dardo). Suas origens remontam à Grécia antiga, sendo basicamente um esporte individual.

Automobilismo: Corridas de automóvel, geralmente patrocinadas por fábricas de veículos interessadas em testar ou promover seus produtos.

Baseball: Esporte coletivo (equipes de jogadores) em que se usa um bastão para rebater a bola; o rebatedor e seus companheiros tentam marcar um ponto, correndo em volta das bases. É popularíssimo nos EUA, Cuba e Japão; no Brasil é praticado quase exclusivamente pela colônia japonesa.

Basquete: Duas equipes de cinco jogadores enfrentam-se tantando fazer passar a bola pelo cesto colocado na defensiva adversária. Esporte de grande projeção nos EUA.

Capoeira: Luta acrobática de origem afro-brasileira, difundida hoje por todo o Brasil e considerada como esporte nacional.

Ciclismo: Competição de velocidade em bicicleta, muito populares nos países da Europa; podem ser disputadas em pistas (velódromos) ou em estradas.

Equitação: Esporte que demonstra o grau de perícia do cavaleiro e o adestramento da montaria.

Esgrima: Descendente dos antigos duelos, requer perícia e agilidade. Divide-se em três modalidades: espada, florete e sabre. As armas possuem um protetor na ponta ligado a um aparelho elétrico que se acende quando o adversário é tocado.

Esporte: Toda atividade esportiva na qual se emprega a força, a habilidade ou a inteligência (juntas ou separadamente) dentro de regras prefixadas, com o fim exclusivo de vencer adversários que se enfretam diretamente ou indiretamente.

Ginástica: Demosntração de agilidade, destreza e domínio do próprio corpo. Os exercícios nas competições são em: barra fixa, barras paralelas, argolas, cavalo com alças, cavalo sem alças e ginástica de solo.

Golfe: Em gramado extenso, o jogador utiliza-se de um taco para embocar uma pequena bola em orifícios do terreno, com o menor número de “tacadas” possível.

Halterofilismo: Levantamento de barras de ferro em três estilos, chamados desenvolvimento, arranque e arremesso. Há várias categorias de acordo com o peso do atleta.

Luta: Competição de força física. Na luta livre olímpica, a vitória cabe ao contendor que conseguir encostar no solo as espáduas do adversário.

Natação: Competição de velocidade natatória em vários estilos: nado livre (crawl), nado de peito, nado de costas, clássico, nado borboleta.

Pólo Aquático: Disputado em piscinas, por quadros de sete jogadores, que impulsionam a bola por sobre a linha da água procurando introduzi-la na meta adversária.

Pugilismo: Luta de socos. As mãos dos contendores são protegidas com luvas especiais. É apreciado no mundo inteiro, sobretudo nos EUA. Há diversas categorias, conforme o peso do lutador. O combate se realiza em um tablado (ringue) cercado de cordas.

Rodeio: Competição de habilidades em atividades ligadas à pecuária: domar cavalos selvangens, cavalgar bois, laçar e imobilizar um novilho são algumas das provas deste esporte.

Rugby: Violento esporte coletivo praticado nos EUA e alguns países da Europa. A bola (de formato oblongo) deve ser conduzida por um jogador, a quem os adversários devem deter. Marca-se os pontos quando se ultrapassa com a bola a linha de fundo adversária. Nos EUA, as regras são um pouco diferentes e o esporte é chamado de “futebol”.

Tênis: Competição de origem inglesa, pratica-se em quadra de grama, terra, saibro, sintética, dividida ao meio por uma rede. O jogador deve bater a bola com auxílio de uma raquete, atirando-a por sobre a rede para a metade da quadra defendida pelo adversário.

Xadrez: Praticado em um tabuleiro de 64 casas. Cada jogador conta com dezesseis peças, e o objetivo do jogo é eliminar a principal peça adversária (chamada rei). Cada tipo de peça tem movimentos específicos.
____________________________________________________________________
Fonte: T.E.M.A. – Técnicas de Ensino e Metodologias Avançadas. Ensino Fundamental. Médio. Profissionalizante. Ed. Didática Paulista. 2007.

Postagens Relacionadas