quinta-feira, 25 de abril de 2013

O sérum no combate ao envelhecimento


Tendência entre os produtos de beleza, o sérum vem ganhando cada vez mais espaço nas prateleiras das clínicas estéticas e no nécessaire das mulheres que buscam resultados mais rápidos nos cuidados com a pele. Com textura viscosa, o cosmético foi desenvolvido para atuar de forma mais concentrada sobre a cútis, o que facilita a absorção dos princípios ativos e, por consequência, combate o envelhecimento.

Fonte agrupada de substâncias antioxidantes, oligoelementos (responsáveis pelo bom funcionamento das células), extratos vegetais e vitaminas, o artigo evita o aparecimento das indesejáveis rugas.

“Ele é bem aceito em razão da textura fluida, cuja nutrição não deixa a pele oleosa ou com aquele aspecto pegajoso”, avalia Cláudia Marçal, dermatologista da Clínica Cariz Dermatologia, de São Paulo.

O sucesso anti-idade é justificado pela formação de um filme protetor sobre as regiões tratadas, evitando a perda de água e estimulando a produção de colágeno, a proteína que confere o aspecto jovem à pele. “Séruns também melhoram a microcirculação sanguínea, proporcionando vitalidade e renovação cutânea, além de muitas vezes terem partículas de cor e brilho”, afirma Cláudia.

Solução no outono

Revitalizante, o composto pode ser associado ao uso do creme hidratante para melhorar ainda mais a maciez das peles mistas e oleosas, especialmente nesta estação, quando o ressecamento ataca, devido à constante variação de temperatura.

Para isso, logo pela manhã é recomendado aplicar o sérum após a higienização cutânea, seguido pelo uso do tônico ou adstringente. Em seguida, ele deve ser utilizado com a ponta dos dedos em toda a face, pescoço e colo com movimentos leves e circulares. Já à noite, depois de retirar a maquiagem, use-o antes do nutritivo noturno, de preferência da mesma marca , evitando assim uma incompatibilidade química.

___________________________________________________________________
Fonte: Agência Hélice / Terra

Postagens Relacionadas